Portugal com os “Coroas”

Alguém já se imaginou mochilando com os seus pais? Talvez, alguns sentiriam vergonha ou ficariam tímidos… Eu não!!!!!
Eu (Kito) sempre tive muita vontade de mostrar para meus pais e fazê-los sentir o que é mochilar!
Primeiramente fizemos uma Roadtrip pela Espanha que foi um “esquenta” para essa viagem. Depois começamos com os preparativos para o próximo destino “Lisboa”.

Compramos os tickets online na empresa Renfe e partimos de trem sentido Madrid . Preferimos a opção “cama” já que viajaríamos durante a noite e queríamos aproveitar bem o dia explorando a cidade. Com certeza foi a melhor decisão! Como as passagens foram compradas com bastante antecedência tiveram um custo bem baixo (29€ ida e 35€ volta).

Logo que chegamos a Lisboa deixamos as mochilas no Sunset Destination Hostel, que por sinal é um hostel de ótima qualidade, com o staff super atencioso, quartos, banheiros, e lugares comuns muito bem limpos, uma vibe super positiva, bem posicionando e relativamente barato (14,5 €/dia). No mesmo dia, antes de sair, tomamos um banho e um café da manhã no próprio hostel.

Lisboa não é uma cidade muito grande principalmente quando comparada com São Paulo, portanto as poucas linhas de metrô, de trem e os bondinhos são suficientes para se locomover e conhecer os pontos turísticos. Utilizando o trem fomos ao Monumento do Descobrimento, Torre de Belém e ao Mosteiro de São Jerônimo (Todos se localizam perto da Estação de trem Belém e seguramente terão que estar no seu roteiro de viagem!!!).

+info:
Mapa Metro e Trem Lisboa
Mapa Bondinho Lisboa

20150227_134552

Depois seguimos de trem até Cascais, uma cidadela beira-mar cheia de encantos com pequenas praias paradisíacas,diversos restaurantes de altíssima qualidade e várias feirinhas charmosinhas. Resumindo, um lugar pitoresco para se passar o dia. Altamente recomendável.

O segundo dia foi dedicado aos pontos turísticos do centro de Lisboa, para quem gosta de caminhar temos uma informação ótima, é possível realizar tudo a pé, embora as ruas sejam em sua maioria de paralelepípedo e cheias de ladeiras.

Os bondinhos são típicos em Lisboa e fazem parte do cartão postal da cidade! Como queríamos conhecer a Feira da Ladra, aproveitamos para ir até lá de bondinho e desfrutar a viagem. A feira é realizada aos sábados e lá vende-se de tudo, desde gibis, discos LP até ferramentas e roupas, tudo de segunda mão. No mesmo local da feira se localizam a Igreja de São Vicente e o Panteão Nacional de Lisboa, duas majestosas construções.

20150228_113639

Fomos então para um mirante que fica em frente à Igreja da Graça, de lá é possível observar a Cidade Velha de Lisboa, o imponente Castelo de São Jorge e a ponte 25 de Abril que liga Lisboa a Almada.

Depois seguimos para o Castelo de São Jorge, um lugar que desperta a curiosidade de todos os turistas. O Castelo data do século XIV, porém depois de muitas remodeladas era constituído praticamente de ruínas no século XX, portanto não espere ver um castelo da Disney, a entrada não é muito barata (8.5€) quando comparadas com os castelos que o “Na vibe trips” visitou, porém o ambiente medieval com as ruínas, muralhas e a vista panorâmica da Lisboa são de tirar o fôlego.

+info: Site Castelo de São Jorge

Após passar pela Catedral da Sé, a igreja mais antiga de Lisboa, fomos em direção ao burburinho lusitano “A cidade Baixa” repleta de restaurante, lojas de roupas e tudo que envolve arte de rua. Infelizmente o Elevador Santa Justa estava em reforma e, por isso inoperante. Todavia a Praça do Comércio é muito perto dali e linda, diga-se de passagem. Trata-se da maior praça de Lisboa beirando o Rio Tejo. Anteriormente, durante dois séculos, foi o local dos palácios dos reis.

No  último passeio do dia pegamos uma espécie de “ferryboat” e visitamos a pequena cidade de Cacilha. Uma cidade bem pequena na outra costa do Rio Tejo onde passamos não mais que 40 minutos pelo seu centrinho. O ferryboat não demora mais que 10 minutos para fazer o trajeto Cais de Sodré-Cacilha e tem o custo de 1.4€ (por trecho).

O último dia foi destinado a visitar a cidade de Sintra, a cidade queridinha dos poetas portugueses (principalmente de Eça de Queiroz). Em Sintra existem diversos pontos turísticos, como: O Palácio Nacional de Sintra, Palácio de Seteais, Palácio da Pena, o Castelo do Mouros e todo o centrinho histórico. Para quem tem interesse em visitar todos os pontos turísticos em um dia, recomendamos fechar algum pacote com alguma empresa que existe no próprio centro de Sintra. Existem diversas empresas que fazem todos os roteiros com valores de 15€ a 20 € por pessoa (não está incluso as entradas). Fazemos essa recomendação por conta da distância entre os pontos turísticos.

Para quem gosta de caminhar, existem algumas trilhas que levam aos pontos, porém acreditamos que não seria possível passar por todos os pontos turísticos por conta da distância e o tempo.

Existe outra opção de tour que é realizado através de uma espécie de “trenzinho” que custa 5€ e tem duração de 30 minutos, porém este é um tour bem superficial somente passando por alguns lugares.

Realmente caminhar pelas ruas de Sintra é como entrar em um conto de fadas, com as suas inúmeras “ruazinhas”, seus diversos palácios e um castelo majestoso.

O trajeto de Lisboa – Sintra demora 40 minutos de trem, partindo da estação Rossio (Lisboa), e tem o custo de 2.15€ (por trecho).

Voltamos para o hostel para pegar as mochilas e ainda pudemos usufruir de um banho e das áreas comuns antes de seguir para a estação de trem pegar o trem de volta para Madrid.

Assista nosso vídeo “Portugal” e sinta um pouco a “vibe” dessa trip

Essa “mochilada” tem sido bem diferente pela própria presença dos meus pais. Existe uma preocupação da minha parte em verificar se eles estão gostando ou se tem algo incomodando, até mesmo porque o estilo de viagem é baseado no que o “Na vibe trips” propõe, interação com o mundo se acomodando em hostels.

Tenho passado o dia comentando sobre as experiências adquiridas e sobre outras formas de ver o mundo e incrivelmente, por mais que esteja “ensinando”, sou eu que tenho aprendido muito observando os “Coroas”. É muito louco ver seus pais tentando se comunicar com as pessoas durante um café da manhã ou na rua mesmo não dominando os idiomas e sem vergonha de ser feliz.

Os Coroas vieram literalmente com o espírito de mochileiro e com o passar dos dias tenho entendido de onde veio essa minha ânsia por mais desafios e a coragem de visitar o desconhecido.

Eu realmente nunca tinha visto os dois tão felizes, sei do quanto importante é essa viagem para eles com todo o fato de estarem conhecendo culturas, países, um continente diferente, mas creio que para mim o efeito de tudo isso será eterno.

 

Gastos Totais por pessoa (3dias/2noites)
Renfe(Madrid-Lisoboa / Lisboa-Madrid) 59,0 €
Refeições 25,1 €
Hospedagem 29,0 €
Stamps 3,0 €
Água, pastel de nata…. 12,0 €
Transporte 20,4 €

Gasto médio diário de cada um 49.5 por dia incluindo tudo!!!
Gasto médio diário de cada um 29.8 excluindo passagens de trem(Madrid-Lisboa/Lisboa-Madrid)

Anúncios

4 Respostas para “Portugal com os “Coroas”

  1. Essa viagem esta sendo toda mágica. Primeiro, por estar perto do meu filho, ver o que ele esta vendo, sentir o que ele esta sentindo, isto não tem preço……..
    Segundo, porque estamos comemorando 29 anos de casados, merecíamos uma viagem para Europa.( conhecer uma pouco da França, Itália, Espanha e Portugal)
    O resto, foi só aproveitar a beleza do lugar e a companhia agradável do Kito e Andreza e ser feliz.

    Curtir

    • Para mim esta sendo um sonho realizado, mesmo porque sou filho de um ( Português ). Filho agradeço muito a você, por me dar esta alegria que estou vivendo, tenho dito algum tempo que estou vivendo grande e muitas emoções neste ultimo ano em minha vida e esta viajem é uma delas.claro não esquecendo da Andreza que tem sido uma ótima companhia…………….

      Curtir

  2. Nossa, muito legal a viagem que fizestes com teus pais, estou morando em Portugal e meus pais vem pra cá agora em maio e vamos fazer um mochilao também por Portugal / Grécia e Itália. Vou com certeza pegar algumas dicas de seus posts. Um grande abraço!

    Curtir

    • Que bom que você gostou!!! Mochilar é bom demais, ainda mais quando estamos acompanhados de pessoas tão importantes na nossa vida! Um grande abraço e precisando de um help, se a gente puder ajudar… hehehe

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s